Olá Amigos!

Mais uma vez estou aqui com um tema que poderá gerar confusões, discussões, polêmicas e desavenças, mas é assim que as coisas se aprimoram.

A um bom tempo tenho ouvido e participado de várias rodadas em diversas faixas e tenho notado um excesso absurdo de informes de indicativos de chamadas na troca de “câmbio” entre os radioamadores de diversas classes em diversas faixas, mas a que lidera é o VHF e  principalmente em algumas repetidoras.

Exemplo:

– Bom dia meu amigo João, como tem passado? PU2-AAA para PU2-BBB.

– OK… modulou e transmitiu PU2-AAA de retorno PU2-BBB. Estou bem meu amigo Antonio, voce assistiu ao jornal hoje?  PU2-BBB para PU2-AAA.

– Ok, Obrigado pelo retorno de cambio do amigo PU2-BBB João, de retorno PU2-AAA Antonio. Sim meu amigo, assisti. Gostou na noticia? PU2-AAA para PU2-BBB

Como podem observar, isto não é uma rodada e tão pouco uma conversa, mas sim um desfile de indicativos de chamada. Este hábito torna-se algo extremamente chato, cansativo, muito desagradável e praticamente impossível até de participar na rodada com integrabte ou como radioescuta. Se alguém tem dúvidas sobre se isto é fato ou não, procurem durante o dia e principalmente a noite em algumas repetidoras de VHF assim como nas faixas de 40m e 80 metros na Grande São Paulo e poderão constatar. Quem é de fora de São Paulo, poderá usar os SDR que constam em nossa página https://propagacaoaberta.com.br/web-link-sdr/

Diante desta situação, certa vez entrei em uma destas rodadas e perguntei a 03 participantes em dias diferentes sendo cada um de uma classe (C,B e A) do por que de informarem tantas vezes o indicativo de chamada nas trocas de câmbios e recebi a seguinte resposta: “Não sei, todo mundo faz isso então também vou fazer!”

O pode perceber-se nitidamente, é que existem “radioamadores” e RADIOAMADORES sendo que o “radioamador” faz o que os outros fazem e o  RADIOAMADOR questiona e pesquisa sobre os assuntos buscando sempre conhecimentos técnicos assim como os didáticos e divide os conhecimentos com outros.

.

Vamos ver o que explica a Legislação?

Segundo a antiga apostila PORTARIA N.º.: 1278, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1994 – Publicada no Diário Oficial da União – em 30 de dezembro de 1994

12.     INDICATIVO DE CHAMADA DAS ESTAÇÕES

12.1.     O indicativo de chamada que figura na Licença de Funcionamento de Estação de Radioamador é a característica de identificação usada pelo permissionário, no início, durante  e no término de suas emissões ou comunicados.

Traduzindo – Informar o indicativo no inicio de uma conversa ou rodada, durante uma conversa ou rodada que antigamente usava-se um tempo de aproximadamente 10 minutos de intervalo para se fornecer o indicativo e ao terminar uma rodada ou conversa. Em nenhum momento esta descrito que é no inicio de cada câmbio e no final de cada câmbio.

Antigamente eramos obrigados a estudar páginas e páginas da Legislação e a Ética Operacional, mas hoje alguns sites e entidades fornecem a prova com as respostas para as pessoas decorarem e pior, vários são reprovados.

Ver a antiga apostila –  Antiga apostila de estudos etica e legislacao 1994

.

Segundo a apostila atualizada AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES RESOLUÇÃO N.º 449, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2006 – DOU de 01.12.2006, Pág. 79, Seç. 1

Capítulo II

Das Definições

Art. 4º. Para os fins a que se destina este Regulamento, aplicam-se as seguintes definições:

IV – Indicativo de Chamada de Estação de Radioamador: é a característica que identifica uma estação e que será usada pelo radioamador no início, durante e no término de suas emissões ou comunicados.

e  no

Capítulo III

Das Condições Operacionais

Art. 41. Não poderá o radioamador operar estação sem identificá-la.

Parágrafo único. Durante as transmissões, o indicativo de chamada deverá ser transmitido, pelo menos, a cada hora e, preferencialmente, nos 10 (dez) minutos anteriores ou posteriores à hora cheia.

Ver apostila atualizada – legislacao radioamador completa atualizada

.

Bom, diante deste fato e ratificado pelo Legislação acima exposta, fica bem claro que não se faz necessário ficar informando indicativo de chamada durante toda e qualquer troca de câmbio, pois torna-se chato, extremamente desagradável e tira a linha de raciocínio das pessoas “quebrando” literalmente uma rodada ou conversa, pois as pessoas que usam deste método não conseguem manter uma rodada por mais de 20 ou 30 minutos uma vez que fica “enjoativo”. A troca de indicativos de chamada já ocorre de forma natural quando as pessoas pedem oportunidade ou quando entram sem dar indicativo já são cobradas, portanto se você é uma pessoa que gosta de informar o seu indicativo ou gosta de ficar repetindo ele a todo momento, pense naquelas pessoas que deixam de participar de uma rodada por sua causa e perceba que a faixas de Radioamadores estão a cada dia mais vazias. Pode-se manter um ambiente calmo e tranquilo cumprindo as regras.

Os que ainda gostam e vão continuar por assim dizendo “desfilar” indicativos, estão matando a cada dia o prazer de se falar e de se ouvir as frequências de Radioamador sendo assim, os resultados já estão sendo vistos em todas as faixas que isto acontece ou seja, poucas pessoas modulando.

Salles – PY2-QX / PY2-394-SWL / PX2-D6222 / PY2QX

Deseja divulgar sua loja ou produto aqui? botao_fale_conosco-e1376744904691

Apoio na divulgação

mania-de-metal

ethos-125x125px SV_ads_125x125px_black-copy TST_ads_125x125px

.

Comments

comments