logo.facebook-e1377718017115

Escrito por Luiz Belem – PY1UR

Para todos os que desejam utilizar a faixa de 80m, aí está uma anteninha simples e facílima de fazer, sem bobinas, sem encurtamento, impedância compatível com os rádios e cabos coaxiais atuais, bom rendimento para médias e longas distâncias, cabe no seu terreninho de 100m² e (como dizem os marketeiros) muito maisssss! Mãos à obra: fio # 2,5mm² flexível ou rígido, haste de aterramento com 2m de comprimento, uns pedacinhos de tubo de PVC para isolar e pronto!

Muitos dirão que o rendimento de um dipolo de meia onda é melhor. OK, eu concordo, mas com restrições! Esta antena se assemelha a um monopolo de 1/4 de onda disposto sobre o solo. O ângulo de irradiação desta antena favorece contatos a longa distância e, dessa forma, pode surpreender em certas situações. Não se pode esperar um rendimento fantástico para “QSO de esquina”. Além do mais, esta antena cabe em lotes pequenos e pode utilizar um mastro já existente.

monofilar-antena-para-801-metros

O desenho ao lado dispensa maiores comentários, mas é importante ressaltar aguns detalhes importantes. O primeiro deles é o aterramento, não se pode menosprezá-lo. No mínimo, deve ser utilizada uma haste de terra cobreada, com 2m de comprimento. Melhor mesmo é utilizar 3 hastes enterradas, formado um triângulo equilátero e uní-las por meio de uma cordoalha de cobre em um ponto comum.

A impedância dessa antena deve ficar no intervalo 40-55 Ohm, dependendo do aterramento. Quanto melhor o aterramento, mais baixa é a impedância. Com uma haste de terra, consegue-se 50 Ohm, o que parece ideal, mas não é bem assim. Dentro destes 50 Ohm, existe uma componente resistiva passiva, referente à resistência do aterramento, que significa perdas. Então, o quase ideal é um aterramento melhor, mesmo que a impedância resultante seja menor que a do cabo coaxial e provoque alguma onda estacionária. O rendimento final será, sem dúvida alguma, melhor. Lembre-se que uma ROE de 1,5:1 significa uma retorno de somente 4%.

O comprimento total do fio (de ponta à ponta) é 19,5m, mas este valor pode variar em função da inclinação da antena e de sua proximidade em relação a outros objetos, árvores, construções, etc. É preciso experimentar até que se consiga a mínima ROE. Bom mesmo é começar com 20m de fio e cortá-lo conforme a necessidade.

Quem quiser a antena auto-suportada e vertical, pode utilizar tubos de alumínio telescopados, até atingir o comprimento total da antena. Neste caso, a antena deve ser estaiada com cordinha de nylon, devido a sua altura.

Sua imaginação e suas possibilidades são o limite para montar esta antena. O desenho que aqui apresento é apenas uma sugestão e se assemelha à configuração que fiz no meu QTH.

OBS: o desenho acima pode ser copiado e reproduzido à vontade, desde que mantidos os créditos e para fins não comerciais. Respeite, por favor, a lei dos direitos autorais.

Escrito por Luiz Belem – PY1UR

logo.facebook-e1377718017115

.

.

.

Quer divulgar sua loja ou produto aqui?     botao_fale_conosco-e1376744904691

Apoio na divulgação

porto-125x125px                     ethos-125x125px                   SV_ads_125x125px_black-copy

 

.

Comments

comments